OBESIDADE NA INFÂNCIA: INTERVENÇÕES PREVENTIVAS EM ENFERMAGEM

  • Carlos Eduardo Veiga de Freitas
  • Clara dos Reis Nunes
  • Edyala Oliveira Brandão Veiga
  • Thaís Batista de Souza
Palavras-chave: Alimentação, Saúde, Prevenção

Resumo

A construção de hábitos saudáveis de alimentação na infância é essencial para a vida das crianças. Os alimentos ingeridos desde a infância vão determinar a saúde dos indivíduos na vida adulta, interferindo na aquisição de doenças, uma delas a obesidade, que pode surgir na infância como um problema de saúde relacionado à alimentação, tem aumentado no mundo todo e comprometido a saúde na infância, O objetivo deste trabalho foi refletir sobre a obesidade na infância e a assistência da enfermagem sob a ótica da intervenção preventiva. Utilizou-se a metodologia de revisão bibliográfica através do levantamento de dados em revistas, sites e livros que abordam o assunto. Os resultados levaram a entender que a obesidade é um problema de saúde pública e que deve ser tratada desde a infância. Conclui-se que o combate deve ser através de intervenções feitas para promover hábitos saudáveis nas crianças, fazendo com que elas passem a adotar melhores formas de alimentação. O enfermeiro tem um papel preponderante nas consultas de orientar as mães sobre a importância da alimentação saudável para prevenir a obesidade. Por isso, é preciso campanhas educativas que envolvam a escola e a família, visando mostrar as causas e conseqüências da obesidade infantil e as formas de prevenção.

Publicado
2017-06-16
Como Citar
EDUARDO VEIGA DE FREITAS, C.; DOS REIS NUNES, C.; OLIVEIRA BRANDÃO VEIGA, E.; BATISTA DE SOUZA, T. OBESIDADE NA INFÂNCIA: INTERVENÇÕES PREVENTIVAS EM ENFERMAGEM. Múltiplos Acessos, v. 2, n. 1, 16 jun. 2017.
Seção
Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##