A IMPORTÂNCIA DO ACOLHIMENTO AOS PAIS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL

  • CARLOS SOUZA DA SILVA JUNIOR Faculdade Metropolitana São Carlos (FAMESC) - Unidade Bom Jesus do Itabapoana
  • ALCEMAR ANTÔNIO LOPES DE MATOS Faculdade Metropolitana São Carlos (FAMESC) - Unidade Bom Jesus do Itabapoana
  • NAYARA SILVA BORGES Faculdade Metropolitana São Carlos (FAMESC) - Unidade Bom Jesus do Itabapoana
Palavras-chave: TERAPIA INTENSIVA NEONATAL, NASCIMENTO PREMATURO, CUIDADOS INTENSIVOS, ACOLHIMENTO, ENFERMAGEM

Resumo

Este trabalho teve como objetivo descrever a importância da equipe de enfermagem no acolhimento aos pais de recém-nascidos internados em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN). Trata-se de uma revisão bibliográfica, com caráter exploratório. A busca e seleção de estudos foram realizadas por meio da Biblioteca Virtual de Saúde (BVS). A literatura aponta para a prevalência de cuidados engessados nas UTIN’s, onde a participação dos pais nesses ambientes ainda acontece de forma restrita, superficial e até mesmo, desumana. Os profissionais não se sentem capacitados para contribuir com as mudanças necessárias nesse cenário, sobretudo para realizar o acolhimento aos pais. Foi possível concluir que, para que aconteça um acolhimento humanizado, é preciso que algumas barreiras sejam superadas, para que assim, os pais encontrem mais facilidade em se aproximar dos seus filhos. É preciso também que mais pesquisas nessa área do conhecimento sejam realizadas e o presente trabalho reforça essa importância.

Publicado
2021-04-16
Como Citar
DA SILVA JUNIOR, C.; DE MATOS, A. A.; BORGES, N. A IMPORTÂNCIA DO ACOLHIMENTO AOS PAIS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL. Múltiplos Acessos, v. 5, n. 2, p. 1-13, 16 abr. 2021.
Seção
Artigos