A AUTOMEDICAÇÃO E USO INDISCRIMINADO DE ANALGÉSICOS: a importância da atenção farmacêutica

  • Thais Damas Pereira UNIG
  • Lucas Ramos Crizostomo FAMESC
  • Milena Arrivabene Calmon UNIG
  • Fernanda Castro Manhães FAMESC
  • Luciana de Oliveira Fumian Brasil FAMESC
Palavras-chave: Automedicação, Farmácia, Analgésicos, Anti-inflamatórios.

Resumo

A dor pode ser considerada uma experiência desagradável tanto de forma sensorial como no espectro emocional. Desde as épocas mais remotas, já se utilizavam plantas medicinais com potencial analgésico e anti-inflamatório, na tentativa de suprimir esses estímulos dolorosos. No âmbito farmacológico os fármacos analgésicos, podendo esses ser divididos em duas classes distintas: opióides e não opióides. Devido ao incomodo proporcionado por tais estímulos dolorosos, a prática da automedicação e do uso irracional desses é algo muito presente na sociedade. Todavia, tal ato pode proporcionar diversos efeitos deletérios para a saúde dos indivíduos. Portanto, o trabalho se justifica na necessidade em discorrer sobre a automedicação e uso indiscriminado de fármacos com efeito analgésico, como forma de conscientizar a população sobre os riscos potenciais e malefícios. Dessa forma, o estudo propõe como principal objetivo a avaliação do perfil de utilização de analgésicos de venda livre em uma drogaria do município de Faria Lemos – MG. Trata-se de um estudo transversal, de caráter descritivo, apresentando uma abordagem quantitativa, onde os dados foram coletados com o auxílio de um questionário. Os resultados apontaram que a automedicação permanece como um fenômeno inerente a sociedade e, portanto, a importância de sua discussão e combate.

Biografia do Autor

Thais Damas Pereira, UNIG

Graduada em Farmácia, Universidade Iguaçu (UNIG)

Lucas Ramos Crizostomo, FAMESC

Graduando em Medicina, Faculdade Metropolitana São Carlos (FAMESC)

Milena Arrivabene Calmon, UNIG

Graduanda em Medicina, Universidade Iguaçu (UNIG)

Fernanda Castro Manhães, FAMESC

Pós Doutora em Cognição e Linguagem, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)

Luciana de Oliveira Fumian Brasil, FAMESC

Mestra em Saúde da Família, Universidade Estácio de Sá

Publicado
2021-12-22
Como Citar
PEREIRA, T.; CRIZOSTOMO, L.; CALMON, M.; MANHÃES, F.; BRASIL, L. A AUTOMEDICAÇÃO E USO INDISCRIMINADO DE ANALGÉSICOS: a importância da atenção farmacêutica. Múltiplos Acessos, v. 6, n. 3, p. 15-29, 22 dez. 2021.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##