NORMOSE: O CONCEITO DA NORMALIDADE SEGUNDO A POPULAÇÃO BRASILEIRA

Resumo

Uma das muitas facetas da humanidade é julgar o próximo como louco ou anormal devido a
comportamentos, pensamentos ou filosofias. No entanto, segundo alguns pensadores tanto
atuais quanto contemporâneos, o conceito de normalidade se torna tão subjetivo quanto seu
próprio nome. Em algumas culturas o normal é uma loucura impensável. Até mesmo para
antigas gerações, o atual modo de se portar dos jovens acaba sendo uma loucura, sendo
que procurar qual seria o meio termo para explicar como funciona o pensamento humano na
segregação do pensamento normal e anormal e a relação do grau de anormalidade e como
enquadra-lo em nosso convivo se torna uma grande questão. Ás vezes alguns julgam
pessoas apenas pelo senso comum, fazendo uma enorme segregação pessoal sem ao
menos buscar entender o outro, e deixa de lado a alegação que viver com uma pessoa
anormal não é fácil, e tudo depende de um pequeno contexto, de um lugar, de como a
pessoa se encontra, seja depressiva, seja alegre, e assim ela buscara em seu interior, a
normose comportamental segundo seu próprio estado emocional. O presente trabalho, teve
como objetivo entrevistar brasileiros e identificar o que eles julgam como normal, e se eles
se julgam normais, focando nas respostas para traçar o perfil de uma pessoa normal
segundo os brasileiros.

Publicado
2018-12-27
Como Citar
de Oliveira, R. S., & Mangiavacchi, B. (2018). NORMOSE: O CONCEITO DA NORMALIDADE SEGUNDO A POPULAÇÃO BRASILEIRA. Múltiplos Acessos, 3(2). Recuperado de http://multiplosacessos.com/multaccess/index.php/multaccess/article/view/77
Seção
Artigos