A RESPONSABILIDADE DA ATENÇÃO PRIMÁRIA DE SAÚDE NO CONTEXTO DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

  • ALINE DE PAIVA PINTO SABBADIN FACULDADE METROPOLITANA SÃO CARLOS
  • DAVI DE REZENDE TEIXEIRA MONTEIRO Faculdade Metropolitana São Carlos
  • TAUÃ LIMA VERDAN RANGEL Faculdade Metropolitana São Carlos
Palavras-chave: Mulher, Violência Doméstica, Atenção Primária, Profissionais da saúde

Resumo

Este artigo revela aspectos acerca da saúde da mulher no contexto da atenção primária no que diz respeito à violência doméstica, uma vez que esta se apresenta crescente nos dias atuais; além disso, mostra-se preocupante, posto que se insere em um contexto psicossocial. Desta forma, tem-se como objetivo central analisar se os profissionais que atuam na área da saúde, tais como médicos e enfermeiros, possuem conhecimento em relação aos protocolos exercidos com aquelas que se enquadram no caso. A percepção destes será explicitada a partir de uma revisão de literatura, na qual os profissionais, da área analisada, serão criticamente avaliados com o intuito de levantar dados e questões deficitárias na área médica. Por fim, admitiu-se a conclusão de que, apesar da maioria ter conhecimento a cerca de um protocolo a ser seguido, muitos não têm envolvimento com o tal, não o utilizando corretamente na prática e complicando ainda mais o acolhimento da mulher violentada. Foi empregada metodologia qualitativa baseada em revisão de literatura para obtenção de informações.

Publicado
2019-07-19
Como Citar
SABBADIN, A., MONTEIRO, D., & RANGEL, T. (2019). A RESPONSABILIDADE DA ATENÇÃO PRIMÁRIA DE SAÚDE NO CONTEXTO DA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA. Múltiplos Acessos, 4(1), 11-24. Recuperado de http://multiplosacessos.com/multaccess/index.php/multaccess/article/view/99
Seção
Artigos