IMUNIZAÇÃO NO PRIMEIRO ANO DE VIDA: A VULNERABILIDADE BRASILEIRA EM TEMPOS DE PANDEMIA

  • Bianca Magnelli Mangiavacchi Faculda de Metropolitana São Carlos FAMESC , Bom Jesus do Itabapoana, RJ
  • Julia Batista de Oliveira Faculdade Metropolitana São Carlos FAMESC , Bom Jesus do Itabapoana, RJ
  • Ana Luisa Ferreira de Rezende Rangel Faculda de Metropolitana São Carlos FAMESC , Bom Jesus do Itabapoana, RJ
  • Matehus Ferreira Rodrigues Faculdade Metropolitana São Carlos FAMESC , Bom Jesus do Itabapoana, RJ
  • Leonardo da Silva Jacomini Faculda de Metropolitana São Carlos FAMESC , Bom Jesus do Itabapoana, RJ
Palavras-chave: Vacina, Saúde pública, Gestão em Saúde, Epidemiologia

Resumo

As ações dos serviços de saúde no controle das doenças infectocontagiosas, principalmente entre as crianças, aumentam a necessidade das intervenções baseadas em vacinas no Brasil. O calendário vacinal brasileiro impactou diretamente na redução da mortalidade infantil, no entanto, principalmente na última década, a taxa de cobertura vacinal vem caindo drasticamente. Esse estudo teve por objetivo analisar o impacto da imunização no primeiro ano de vida, a partir da análise de dados presentes no Sistema de Informação de Agravos e Notificação e no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações diante o atual cenário de pandemia. O Brasil vem registrando queda nas taxas de cobertura vacinal nas últimas décadas e, principalmente, para vacinas preconizadas no calendário vacinal para o primeiro ano de vida. A taxa de cobertura vacinal nos primeiros meses de 2020 mostra uma queda de até 30% para vacinas importantes, quando comparados aos dados referentes a 2019. Vários desafios existentes devem ser enfrentados pelos gestores de saúde a fim de se atingir a meta de imunização, haja vista diversos fatores podem estar influenciando diretamente as ações do programa de imunização mediante ao cenário de pandemia em 2020.

Publicado
2021-01-05
Como Citar
Mangiavacchi, B., Oliveira, J., Rangel, A. L., Rodrigues, M., & Jacomini, L. (2021). IMUNIZAÇÃO NO PRIMEIRO ANO DE VIDA: A VULNERABILIDADE BRASILEIRA EM TEMPOS DE PANDEMIA. Múltiplos Acessos, 5(1), 216-229. Recuperado de http://multiplosacessos.com/multaccess/index.php/multaccess/article/view/148
Seção
Artigos